Endereço

Av. Raul Soares, 121, 1º Andar, Centro - Aimorés/MG

Para você se relacionar melhor com os seus clientes, tenha uma boa consultoria contábil por trás

Para que a sua empresa, efetivamente, saiba quem são os seus clientes e o seu público-alvo, a importância da consultoria contábil é evidente

A fidelização de clientes perante um bom relacionamento com a empresa é o ideal para qualquer segmentação. Por meio de uma consultoria contábil, o empresário pode “ter aceso à mente” do perfil do seu público alvo. Por meio de dados estratégicos levantados pela equipe de contabilidade, a empresa terá em mãos informações relevantes sobre as posturas mais comuns e relevantes dos seus clientes.

Confira as dicas deste artigo que mostrará onde a consultoria contábil interferirá no relacionamento entre empresa e cliente.

1. Perfil de cliente ideal

A persona ideal da sua empresa é aquele tipo de cliente que atende ao perfil médio, características, interesses, posturas etc. Criar essa persona para chamar de sua é característica da consultoria contábil que, por meio do acesso de dados fornecidos pela contabilidade, poderá espelhar-se nessa persona para antever desejos, necessidades e costumes dos seus clientes.

É claro que o levantamento da consultoria contábil não será fidedigno a realidade, mas a aproximação fornecerá um processo de trabalho muito mais preparado à empresa.

2. Com que você lidará?

Conhecer a persona que define o seu cliente não é saber apenas as informações básicas, mas, sim, procurar ter conhecimento de mundo do seu ciente. Vai além de saber idade e sexo e parte para o campo de participar de fóruns, estar nos mesmos grupos, consumir ou conhecer produtos que une a sua empresa a esse público etc. Essas informações e o acesso ao aprofundamento desse conhecimento advém justamente por meio do processo de consultoria contábil.

3. Jornada do cliente

É quando a teoria vai para a prática (mesmo ainda na teoria). Não entendeu? É quando toda a informações obtida pela empresa sobre o cliente é prescrita através da consultoria contábil, justamente para que a empresa venha ter a mente do seu cliente e anteveja todas as situações da jornada de compra dele para se posicionar um passo a frente. Por isso é a teoria na prática, porque por mais que a jornada do cliente ainda esteja no campo teórico a antevisão dos fatos já é fator prático.

4. Parte prática

Até o então tudo foi teoria, até mesmo a etapa de jornada do cliente, que é a transcrição da teoria para a prática. Ao personalizar o seu atendimento para o seu cliente, superando as suas expectativas, a tendência é que você feche o negócio o mais rápido possível. Use o fator consultoria contábil ao seu favor para que esse processo flua de forma perfeita.

5. Fidelização

Quando a consultoria contábil trás para você tanta informação e a ideia de estar um passo a frente do seu cliente, é justamente pensando em fideliza-lo. Proporcionar a melhor sensação possível ao seu cliente, resultará em tê-lo sempre por perto. O relacionamento é o principal motivo para toda essa etapa de trabalho.

7. Humanize a sua marca

O bom e velho se colocar no lugar do outro é fundamental para a humanização da sua empresa no relacionamento com o seu cliente. Por mais que o processo de consultoria contábil ajude muito com prescrições, a relação pessoal não pode ser colocada de segundo plano.