Endereço

Av. Raul Soares, 121, 1º Andar, Centro - Aimorés/MG

Investimento inicial: guarde dinheiro e abra a sua empresa [na cidade]

Saiba o quanto você vai precisar economizar para por em prática o seu próprio negócio em Aimorés

Muitos estresses no momento de abertura da empresa em Aimorés podem ser evitados se o investimento inicial for calculado de forma correta, para isso é fundamental ter um bom planejamento financeiro, para tirar as ideias do papel e colocá-las em prática dentro dos padrões financeiros da empresa em seu movimento inicial. Esse planejamento focará em estudo de mercado, área, segmentação e necessidades vigentes da empresa e podem ser em muitos aspectos auxiliados por um bom setor contábil, que auxiliará na regularização do seu CNPJ, das estratégias de investimento inicial, além de capital de giro, foco gerencial etc.

Vamos, então, aos pontos necessários para que você poupe o suficiente para iniciar uma empresa de forma confortável, além de saber aonde vai investir este capital inicial.

Processos Financeiros

Nem todo investimento inicial é financeiro, mas todos possuem uma questão financeira por trás. Para que você venha iniciar o seu negócio em Aimorés precisará investir tempo e queimar alguns neurônios, pois burocracia pouca é bobagem.

Agora, cabe a você saber se quer ficar com poucos ou muitos cabelos brancos. Se a resposta for poucos, uma contabilidade poderá te ajudar em todo esse processo.

1. Infraestrutura

Muitas pessoas se enganam quando pensam que infraestrutura é simplesmente a ambientação da empresa, onde ela está alocada e os cursos para manter aquele local, o aluguel ou qualquer coisa do gênero. Mas, na verdade, infraestrutura é tudo o que abrange a funcionalidade da empresa, logo, é imprescindível ter um local, obviamente, mas não é o suficiente e tudo o que for necessário para a prática da empresa é infraestrutura e precisa estar no planejamento de investimento inicial. Até empresas que trabalham sem espaço físico vigente, mas possuem como o seu campo de atuação a internet precisa se atentar como irá trabalhar (banda larga, serviço de e-mails etc) e como entregará o seu produto ou  serviço (correios, embalagens, armazenagem de arquivos em nuvem etc)

2. Formalização da empresa

Contabilidade também tem um pé no jurídico, justamente para ter todo o conhecimento financeiro de cada processo e a analisar de acordo com a situação e o modelo enquadrado pela empresa. Se a contabilidade, ao estudar todas as perspectivas da empresa, compreende que ela tem tudo para ser cadastrada em ME, por que cadastrá-la em LTDA? A empresa não terá um prognóstico de ganho tão grande e pagará impostos como tal. Talvez o empreendedor não tenha essa visão e se empolgue por falta de conhecimento, erro este que será evitado caso um boa empresa contábil estiver auxiliando no projeto.

E além do enquadramento do CNPJ, caso o empreendimento tenha sede fixa, o custo com alvará também será inserido, primeiramente em laudos sanitários, conseguido por meio da própria Vigilância Sanitária, e depois de segurança, através do Corpo de Bombeiros, fora o cadastro junto à Junta Comercial da sua região o contrato social devidamente formalizado e sobre tutela de um advogado.

Tudo isso precisa estar prescrito no investimento inicial, varia de acordo com a região e o preço cobrado por casa profissional, mas custa em média R$1000,00.

3. Mãos à obra

É o pontapé inicial da parte prática do seu negócio. Após você estar oficialmente regularizado como empresa em todos os órgãos necessários, é hora de correr atrás do lucro. O que é inicialmente importante ter como investimento inicial é o capital de giro, que nada mais é que um resguardo financeiro para eventualidades, ou seja, um caixa para imprevistos. Aconselha-se um número entorno de 5% do investimento financeiro inicial.

Além do capital de giro, para por a mãos à obra é fundamental que você tenha conhecimento do seu mercado, logo, saberá como os seus parceiro se concorrentes atuarão e terá bem definidas as suas estratégias. Preços e forma de trabalhos de fornecedores, transportadores etc, além de diferenciais dos seus concorrentes, farão com que você analise os pontos fortes e fracos da sua empresa  e se apresente de forma específica diferencial que contemple majoritariamente os seus aspectos positivos. Esse análise de mercado terá todo o apoio do setor contábil na hora da produção.

A empresa em Aimorés possui muitas dificuldades de inicialização e essas análises são muito importantes para a boa localização do empreendedor, por isso, antes de começar o seu negócio é fundamental que você trabalhe em conjunto com a contabilidade. A escolha de forma criteriosa e atente-se ao seu conhecimento na causa, pois uma boa escolha contábil pode definir muito como funcionará o seu negócio e suas perspectivas de conhecimento.

4. Plano de Marketing

Nada adianta você abrir a sua empresa se ninguém tem informações sobre. Pra isso, você precisa ter em mãos e em mente todas informações sobre o seu mapa de mercado: segmentação de mercado, concorrência, análise de público-alvo, justamente para dar um tiro certeiro em seu cliente em potencial de forma que diferencia o seu produto ou serviço dos seus concorrentes.

Por muito tempo, o marketing foi considerado desnecessário, até porque via-se um valor financeiro grande para um anúncio que muitas vezes não chegava o público alvo. Hoje, com a tecnologia, essa análise ficou mais simples, mais acessível e quanto mais certeira menor você gasta e maior chega as informações da sua empresa para o público alvo. A internet trouxe um custo menor para um qualidade de divulgação infinitamente maior e melhor.