Endereço

Av. Raul Soares, 121, 1º Andar, Centro - Aimorés/MG

Assessoria Contábil: como empreender digitalmente

Vender pela internet é o grande filão do momento, mas você precisa estar bem atento no que fará. Confira essa assessoria contábil que, assim como a tendência, é digital

O setor e-commece cresceu 12% em 2017, segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), movimentando cerca de 60 bilhões de reais. O universo virtual tem sido a menina dos olhos para aqueles que querem investir, mas engana-se que quem acha que basta criar um site e sair vendendo. O universo de vendas digitais tem as suas peripécias, e esse texto veio para responder algumas dúvidas acerca desse universo de forma de assessoria contábil num cunho exatamente virtual.

  • Vale a pena apostar no mundo digital

A expansão natural dos novos negócios está na Internet, mas se o intuito é criar a sua loja virtual é preciso montar um planejamento de vendas nos mesmos moldes das lojas físicas, primando pelo atendimento e atentando-se a reputação, até porque as críticas, bem como os elogios, são praticamente instantâneos quando se trata do universo virtual. No frigir dos ovos, sim, vale muito a pena apostar no mundo digital, mas como em todo empreendimento o planejamento e o zelo pela execução são coisas fundamentais. E é sempre bom, antes de dar o primeiro passo, fazer uma assessoria contábil para posicionar a sua empresa.

  • Não é preciso ter conhecimento de T.I

Se você não sabe nem o que significa minimamente o que é T.I, muito dificilmente sabe o que é a Tecnologia da Informação na prática, e sim, isso já respondeu o que é T.I. Mas fique tranquilo, porque não ter conhecimento em Tecnologia da Informação não interfere com que você crie um negócio virtual, até porque você precisará, ao criar esse negócio, ter uma equipe por trás da empresa, que inclui um departamento de programação.

Mas algo que é muito importante saber é que existem dois tipos de negócios via Internet: aqueles oriundos de um serviço exclusivamente virtual (como o Uber, Netflix, Amazon etc) e as empresas que querem levar as suas marcas físicas para um segmento online

Para que você venha desenvolver uma boa empresa virtual, busque uma assessoria contábil que irá, dentro dos seus números e fluxo de mercado, te mostrar se vale mais a pena terceirizar o departamento de programação ou fixar uma equipe na sua empresa.

  • As relações entre o físico e o online

Uma coisa em comum entre o ambiente físico e o online é que em ambos o cliente que entra na sua loja ou site quer ter uma boa primeira impressão. No que tange ao mundo físico, se trata da organização da loja e do atendimento ao cliente, já no mundo virtual refere-se a um design atrativo e um suporte efetivo.

A grande diferença é a forma de divulgação, já que no universo virtual temos a relação entre mecanismos de busca e divulgação em redes sociais que precisam ser bem trabalhadas para gerar acessos e consequentes compras, enquanto no mundo físico outras estratégias e meios de comunicação são determinantes no processo de expansão da marca.

Independentemente da grande proporção do e-commerce, se não existir uma logística em cima do projeto ele dificilmente terá progresso. Uma assessoria contábil vai adequar a sua realidade financeira àquilo que você quiser produzir.