Endereço

Av. Raul Soares, 121, 1º Andar, Centro - Aimorés/MG

Contabilidade financeira [na_cidade]: saiba como funciona

A contabilidade financeira objetiva primordialmente entender os investidores e avaliar os serviços contábeis da empresa

Você sabe que significa contabilidade financeira, gerencial, de custos e patrimonial?
Não? Tudo bem, se acalme, já que o mundo contábil é recheado de termologias complicadas para todo mundo que está iniciando na vida contábil . Tirar de letra todos esses termos logo de cara é missão quase impossível.Porém, toda a contabilidade é financeira. Acima, você viu diversos tipos de contabilidade e é natural pensar que esses termos sejam fragmentos de um área diferente na área de contabilidade. Contudo, o que você precisa saber de cor e salteado é o seguinte: toda contabilidade é financeira.
Essa é a realidade, pois atuar no ramo contábil   envolve conhecer suficientemente sobre registros de movimentação financeira das empresas e possuir estudos práticos na área.Mas, afinal, o que é contabilidade financeira?
A contabilidade naturalmente conhecida é oriunda da escola europeia e define-se contabilidade patrimonial, que tem como função primordial a apresentação da posição patrimonial de determinada empresa em um determinado momento. Esses registros de contabilidade são efetuados dentro de um tempo determinado (geralmente longo) e ao final significa o balanço do patrimônio da empresa.
Já a contabilidade financeira é um método desenvolvido na América Anglo-Saxônica (Canadá e Estados Unidos) e tem como método a dedicação no atendimento aos clientes. Entretanto, ela também avalia o setor dos registros de contabilidade das empresas em questão.
contabilidade financeira é uma grande ferramenta de administração e estratégia, pois fornece um nível de informação qualificada a possuir relevância tanto para o proprietário da contabilidade quanto para potenciais parceiros, acionistas, investidores etc.A grande diferença entre contabilidade de custos e gerencial
A contabilidade gerencial é a responsável pela demonstrações contábeis na transformação das informações de gerenciamento da empresa, o que tem grande envolvimento e diversas decisões dentro das empresas, por isso o seu imenso valor.
Já a contabilidade de custos é o resultado da necessidade. Isso porque, é de conhecimento geral que os serviços contáveis tem como função fragmentar os custos de produção de serviço, bem com os individuais. O argumento para isso entram no campo dos passivos e das despesas: os custos de produção que têm seu contrato firmado de forma parcelada, estão no grupo dos passivos, já esses custos sendo à vista, são considerados como despesas.
Como consequência disso, as empresas tentam dar a cara a tapa, se expondo na tentar tentativa de conhecer os custos de produção que ela carrega para, assim, tomar decisões. Porém, essas empresas não tinha acesso ao custo total da produção em relação aos serviços contábeis, pois, não possuíam uma ferramenta para isso. É quando surge contabilidade de custos que registra os custos e real time para permitir à empresa, dentro de uma linguagem informa, confronte o custo e a produção com o que vende.
Em suma, a verdadeira contabilidade é a contabilidade financeira, pois trabalha com todas as áreas e grupos envolvidos na empresa, abastecendo com informações relevantes que ferramentam as decisões da empresas , seja elas primordiais ou complementares.